Tradutor

Read more: http://www.layoutparablog.com/search/label/Tradutores#ixzz1XuDxeCC1 Under Creative Commons License: Attribution

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

"O VERDE É VIDA"

"PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE!"

domingo, 20 de agosto de 2017

SOBRE MINHAS IDÉIAS DE ARTE E LIBERDADE

Se a poesia e o amor são loucura, para que ter razão,!

(...), 
Como poeta e defensor ardente da Cultura, das Artes e das Liberdades e desafiante a tudo que seja padronização, conservadorismo e mesmice que impeça nossos sonhos, desafios , imaginação, inspiração e intuição para criar livre, digo : a poesia é uma leitura da vida e Eu sou o meu biográfo !

Como eu vivo para a inovação ,também digo: que o artista não pode viver como uma ilha.Eu estou sempre de vigília para não me repetir, porque a nossa alma tem de está conectada à tudo que acontece no mundo , uma ligadura universal, aberta e infinita.

É como se a gente voasse do Sonho à dura realidade do existir, O nosso duplo existir escancarado : sonho, paixão e o sobrenatural da Arte que é êxtase a 100.000 por minuto...

Com a poesia eu posso TUDO , porque sou mutável, criativo e quero a escuridão do mundo transformada em uma bela manhã de Sol e vida. Não sou e nem me sinto refém do destino, o inexorável inferno e céus dos aconteceres , não sou deus e a eternidade é apenas o tempo dimensionado . 

Esta é a hora vida entre dois tempos imutáveis : presente ou futuro . Com a poesia eu falo e faço o que entendo, vivo ,sinto e sou , o que , SOMOS de amor, sonho e liberdade ! Toda minha poesia é liberdade e provocação, delírio imaginativo como criação para vencer os desafios. 

Sou um ativista ambiental engajado na resistência da desobediência civil ,revolução e luta pacífica como fronteira e trincheira das liberdades, a LIBERDADE POÉTICA, a rebeldia do poeta como transgressor, o sobrevivente dissidente, o iconoclasta .. aquele que não se entrega, que polariza,que não é pau mandado, submisso, insumos, lixo, quê tem coragem de dizer e GRITAR ao mundo : a POESIA é a imortalidade da vida pelo amor, a liberdade, o sonho e as esperanças.

Com a poesia e o amor, eu vou além dos aconteceres da vida, pois, eu desafio as montanhas de ferro desta sociedade opressora, omissa, perdulária, niilista e castradora que só enxerga o superficial e não vê a nossa alma, porque está doente de insensibilidade, petrificada de egoísmo e individualismo...EU sou transhumano, mutante ,plural e como a Fênix sou transformação sem fim .

Todos os dias, valentemente , eu, renasço em chamas de vida nova ! A ARTE SALVA porque é mágica, um vendaval de espantos e desperta nossos sentimentos.É a melhor escola para iluminarmos a nossa alma e abre fronteiras, não precisa de rótulos e veio para provocar o NOVO, abrir as portas do futuro.A ARTE é amor , não faz guerra, terrorismo e nem oprime . É Liberdade e nos dá autoestima e personalidade, com a Arte somos a voz e os olhos de todos os homens.....

Eu luto para o futuro ser o presente , sou minha alma e vida pelo avesso, sou a POESIA quântica cantando e gritando como um temporal , um big bang cósmico, com Nirvana em êxtase quero é lutar para colorir o mundo de amor ! 

Se não resistirmos, morreremos! 

Vidocq Casas

Parte superior do formulário


Poema de algum tempo atrás !?

(...),
A casa era o corpo todo da mulher .
Sorrisos cresciam como ondas vindas da eternidade !
Uma flor da Primavera do futuro cobriu a noite
Com o calor ardente da vida .

O violino dos desejos e da loucura da paixão
 
põem olhos de fogo e neve
Na doce música do coração.
Um murmúrio surdo do rio
Dos silêncios acorda a paz 
Do infinito. 

As palavras da poesia uivam e são gritos
Da memória que tem a voz da Primavera que chegou para florir nossas vidas !
Gasta, minha alma, 
A luz da eternidade, 
Liga os motores do sonho na Oficina da Poesia 
E suas sementes coloridas na combustão do amor !

By Vidocq Casas

MEU POEMA AZUL ! ?

MEU POEMA AZUL ! ?
( ... ),
ESTE POEMA é como uma
chuva de estrelas cadentes
em chamas 
caindo de teus olhos , 
frêmito de êxtases com luzes coloridas,
LUAS DA MEMÓRIA ,
que IMAGINO como as flores maravihosas
dos Jardins da Babilônia em Teresópolis,rj, Século XXI.
POEMA AZUL feito de sonhos e de labirintos de aconteceres                                      na Primavera encantada dos teus beijos ardentes de paixão                         com teu cheiro de rosas de loucura e mistérios ...
Que mundo mais eu poderei inventar e que palavras te direi de amor ,
Para a nossa noite de prazeres e magia,
Onde há uma lua verde no ar feita
De solidão e um velho. piano toca música de silêncios ???
Vagante ,sou o andarilho insone
Da alma perdida de amor, do
Teu amor ......
O poema não tem medo de
Apocalipse e com um grito
De liberdade resiste aos
Temporais...
!!!???...... 
By Vidocq Casas

domingo, 11 de junho de 2017

Poesia do Amor!


Minha Senhora Dona
Tão formosa quanto a Lua
Feito flor noturna
desabrocha em sonhos nua

A formosa senhorita
que desposa o comensal
são floradas mais bonitas
que te fazem o bem e o mal

Essa tua harmonia
faz de mim teu bem querer
Alvorada cantoria
a cambaxirra e meu sofrer

Essa paixão que queima
esse fogo de amor
transforma ódio em cinza
com teus perfumes de flor

By Flavio Joppert


Feliz Dia dos Namorados !

Meu amor, hoje, é o dia dos namorados !

      (...),
Escrever um poema de amor
para você
é como voar sonhando 
na Via-Láctea de teu olhar estelar !
É ser a onda azul dos sonhos
e a fogueira de luz da lua cheia 
do Everest das surpresas
no paraíso eterno da magia da ternura...
Não quero que você
me ame eternamente e com 
possesão, 
só quero que me ames
como uma mulher louca, apaixonada e fatal,
mesmo que seja 
por uma única noite ,
uma única hora,
um único instante
em que teu corpo e tua alma
sejam meus totalmente e 
me queimem de êxtase , poesia e amor ,
completamente.......
 
by Vidocq Casas

O Poesta Vidocq Casas



Dia Universal dos Oceanos

                              Dia universal dos  Oceanos !


Em comemoração ao Dia Universal dos Ocenos, hoje , em Teresopolis,rj  o Movimento Conservacionista Teresopolitano lançou a Campanha  ONDA AZUL pelos rios de Teresópolis . É o nosso GRITO em defesa das águas puras de nossas fontes, riachos e olhos d'água ...

Água é Vida ! Sem água a vida morre e a Terra transformar -se num deserto! Assim , pare de jogar lixo nos rios em suas margens e de jogar esgotos e poluir os rios ! ÁGUA É VIDA ! 

Publiquei o meu trabalho Alerta em defesa da Natureza para evitarmos que um lugar aprazível como Terê se transforme numa cidade Monstro ! Uma cidade sem florestas e matas e com a paisagem poluída por edifícios paliteiros ,sem segurança e em cáos social e saturada de carros sem fluxo viário,como infelizmente TERESÓPOLIS , ficou por má gestão de nossos prefeitos em detrimento do povo e da nossa Cidadania !


Temos de preservarmos a Biosfera e seus ecossistemas e a diversidade para podermos viver uma sociedade sustentável e humana.Conscientizados de que a Ecologia é a bandeira verde da Esperança em defesa da Vida para salvarmos o planeta e as nossas vidas. 


Com o homem mais humano temos mais direitos respeitados com Arte , Liberdade e Cultura ,bem- estar ,saúde , Educaçãocom espiritualidade e amor. 

Se não resistirmos , morreremos ! 

Vidocq Casas
Presidente Fundador do MCT



Vidocq  Casas ( Artista Plástico, Poeta e Ativista da Natureza )



Rio dos Frades -Teresópolis








Comemoração do Meio Ambiente

OS DEZ SINAIS PRECURSORES DA TRANSFORMAÇÃO DE UM LUGAR
EM UMA CIDADE MONSTRO SÃO:

1- Água imunda, que depois do tratamento, chega à população, carregada de cloro e outras drogas químicas;
2- Trânsito que envenena pelo CO (monóxido de carbono) e cujos engarrafamentos e barulho ensurdecedor, fazem de cada cidadão, um neurótico;
3- Detritos e lixo atirados aos riachos límpidos, tornando a água suja e infecta; não-biodegradáveis canalizados para água corrente, envenenando-a para qualquer forma de vida;
4- Chaminés e indústrias, cobrindo o sol claro e quente com densas cortinas de fuligem, fumaça e pó;
5- O lazer, a vida ao ar livre, em contato com a natureza, trocados por longas horas paralisadas diante de um aparelho de televisão;
6- A substituição da casa própria, do jardim do espaço, da vegetação, pelo confinamento dos prédios de apartamentos, cheios de problemas e exigências absurdas;
7- A destruição da fauna e flora pelo desmatamento incontido, incêndio impensado e criminoso: e, o uso de armas e inseticidas mortíferos para animais, plantas e o próprio homem; envenenando o solo;
8- A troca da alimentação sadia das fazendas, colhidas nos vales fecundos e nas encostas verdejantes, pelo artificialismo dos enlatados, dos produtos frigoríficos, dos sabores que cheiram a drogas químicas (hormônios e transgênicos).
9- A substituição da disponibilidade e liberdade de cada um, pela escravização dos números, datas e prazos impostos pelos computadores de empresas potentes, que em troca de serviços mal-prestados, exigem o servilismo total às suas programações; (a escravidão da mídia, a TV e Internet, jornais, estimulando o consumismo predatório e o excesso de supérfluos gerando o desperdício).
10- Os interesses reais da comunidade, traiçoeiramente negociados por grupos econômicos que tudo compram, até o que não podem pagar nunca e com dinheiro algum, o direito a uma vida sadia e tranqüila, ex: a morte do verde da natureza.

Teresópolis não pode continuar se transformando num paredão frio de concreto, o verde de nossas matas precisa viver e os nossos rios têm de ser águas vivas.

Junte-se à nossa luta por uma Teresópolis verde e viva !

By Vidocq Casas

Vidocq Casas - Artista Plástico, Poeta e Ativista do Naturezza




                               Em  Defesa do Meio Ambiente !









sábado, 3 de junho de 2017

Momentos de Amor

Momentos de Amor

1
Hoje a manhã acordou
como se as  brumas da noite
fossem  os olhares da vida 
diante da existência .

Me sinto como se o mundo
fosse um breve momento 
na música que toca nesse instante,
fazendo de mim  o próprio desejo de amar,
de ser o frio das montanhas azuis  
que despontam nos céus...
De ser a solidão de todas as almas  
que sem sentido perambulam 
pelas calçadas da vida...

Sorrio com os olhos brilhantes
porque  sou o coração de todos os poetas ...
E, assim, sou o infinito do finito de ser
todos os homens
ou apena  o não ser,
a metáfora de todos os instantes,
o acorde desta canção que  ilumina
as sombras da noite no encontro da manhã
que nasce com  cheiro de orvalho de flores
mescladas com terra batida...

2

Amo a vida que desponta
no oceano  dos porquês,
das coisas sem sentido,
como a ironia do vento transformando
a terra nas breves estações,
num ciclo infinito,
enquanto a vida percorre  a existência.

Amo as partidas tanto quanto  as chegadas
porque anunciam a alvorada das mudanças,
o renascer  da alma do poeta
como um  fênix
ou a boca da paixão
no cenário da vida por viver.

Eu  me vejo em você
como as flores que nascem
nesta manhã...

Amor,
preciso de teus lábios mornos 
na urgência de sermos nós e mais ninguém,
enquanto a vida se descortina,
diante do infinito de nós dois.

3

É tão cálido e ao mesmo tempo obsceno
esta urgência de nós dois
enquanto a noite se mistura
na sombra de nossos  corpos ,
no perfume da paixão que acende a noite,  
neste instante de um lapso do tempo
do retrato do fogo de nosso amor.

Vem,
que eu te recebo como 
um rio, 
ou uma canção insone...
Tenho que te dizer  que amo
este seu sorriso
que tenta decifrar meus sonhos
ou minha insanidade de ser o amor.

Vem,
que quero desvendar
teus segredos um a um,
na calmaria das águas
sem medos ou tramas,
simplesmente porque sou o amor.

4

Meus olhos são um só com  os teus
na magia do oceano de nossas vidas.
Sempre há um tempo  de chegar
Ou  de partir...

Por isso amor,
deixe  os rastros de nossas almas
construírem  nas estrelas do tempo
a sedução do amor,
enquanto a voracidade da despedida repentina
seja as lágrimas da partida que ninguém explica.

Tenha a certeza,
que este  mesmo amor  que nos devora
se eterniza  independente do tempo
ou da saudade,
como uma canção 
ou um poema ,
que nasce  nesta manhã,
no coração do poeta. 

5

Amor, a vida é breve,
cada emoção deve  ficar construída
como um filme,
onde somos os atores
de nossa própria história de amor.

Amor,
cada dia é uma promessa,
que na maioria das vezes,
jamais será cumprida,
no contraponto do limite 
de nossa própria humanidade.

Por isso,
só posso te dizer que
amar e ser amado  é mais do que necessário,
independente  do tempo,
porque o amor basta por si mesmo.

By Cassia Cristina Cunha












sexta-feira, 26 de maio de 2017

Precisamos e devemos !?

              (...),

Devemos acender nossa própria luz
Á escuridão dos males que sufocam,
Rondam e nos oprimem
Como feras selvagens !

Enquanto o caos cresce como um temporal de sombras
Varrendo o mundo como um
Pesadelo sem fim ,
Os medos rondam como
Monstros loucos de garras
Vorazes para nos
Devorarem!

SÓ NÓS PODEMOS NOS SALVAR !
Luas de fogo sangram
Nos céus do
mundo, por ternura, paz, e
amor!

Com traições, armadilhas, serpentes venenosas, escorpiões de fogo e ratazanas canibais nos espreitando,
o povo desesperado grita
Por misericórdia e liberdade.

SÓ NÓS poderemos nos salvar!
LUTAR E AMAR
é a nossa rebelião,

ninguém fará isto por nós!

Vidocq Casas

Elucubração 12 !?

(...),

Irmão (ã),

Nos labirintos do teu olhar há solidão e ilusões com
Mil luas de fogo e arco-íris Cintilantes !
Neste Jardim fogueira de sonhos e revolta
SOU o poeta que canta e grita pelos abandonados e oprimidos
E que não aceita nossa cidade do Rio de Janeiro com 15 mil moradores de rua relegados ao nada, abandonados pelo Estado dormindo no chão com as estrelas por teto e mais nada!

Enfrentando enrolado em papel de jornal e casas de papelão as navalhas do vento gelado da madrugada...

Em sua defesa e misericórdia eu Clamo :
Chega companheiros de beber e comer lixo entre ratos e baratas e de ser flagelado por olhares e palavras cheias de piedade hipocrisia e de ser chamado de coitadinho ou tome esta moeda ou uma nota de dois reais!

SOU um URRO selvagem do tamanho do mundo protestando por igualdade e Liberdade,
CONTRA os ladrões que estão no Palácio da Alvorada e os empresários bandidos e proprineiros de nossos representantes legais: Presidente, Ministros, Senadores, Deputados, Governadores, Prefeitos e Vereadores, um bando de vampiros que envenenam
Nossos sonhos e ideais de um mundo mais Justo para todos !

SOU o poeta rebelde de
Sonhos vivos e sem medo , que canta amor , amor fraternal com as chamas da Esperança , mas ,
Que hoje, agora, GRITA para os corruptos e demagogos
Vão todos a pqp !!!
Fora Temer e todos do seu Governo, eleições Já !

Viva o Brasil livre, DITADURA nunca! Viva o amor, a paz e as liberdades!

Vidocq Casas ( Poema de Protesto )

Militante Ecológico

                    Rebelde do coração verde e alma cor da vida!

Num mundo cheio de contradições, dualismos e profundamente materialista, o homem moderno, vitima de sua ambição, competição desenfreada, arrogância e tecnologias depravadas vive mergulhado num abismo de violência, alienação, artificialismo e ações ecocidas, em detrimento da natureza, da dignidade" da vida e de sua ascenção espiritual. O que podemos fazer para salvar o homem e o planeta Terra desta insânia predatória e consumista, gerada por tecnologia destruidoras, cujo preço é, nada menos que, o ar que respiramos e a água que bebemos, condição sine qua non de viver ?


Não é difícil de imaginar o nosso futuro neste horizonte dramático, que precisa ser mudado urgentemente para um mundo mais humano, libertário e socialmente justo, onde precisa prevalecer a compaixão, a solidariedade e o amor, que são os fundamentos sagrados da Ecologia. Todo militante ecológico é um homem humano e formado com a consciência do amor e do respeito à natureza e a vida. Não tem preconceitos e vive para defender os Direitos Humanos e as Liberdades, além de reconhecer a mãe Terra como a casa global e nave sideral da humanidade.

O meu maior sonho, como um dos pioneiros da luta libertária pela Ecologia, é viver mais engajamento de pessoas, a comunidade ligada e compartilhando integralmente, abandonando a omissão e a comodidade, procurando as entidades e grupos ecológicos para ajudar a salvar a natureza de sua cidade, bairro e lugarejos onde vivem. Um militante ecológico tem de ser uma pessoa aguerrida, profundamente conscientizada da importância do pacifísmo, da não-violência ativa, libertário, perseverante, amante da vida natural, um guerreiro samurai contra este sistema podre, perverso, que vive dos gritos e sangue dos humilhados, que precisam urgentemente de nossas ações, destemor e solidariedade.

O lado prático da nossa luta é agir sempre localmente e pensar mundialmente. Viver a grandeza de que uma árvore de Teresópolis é uma árvore do mundo!
Vamos, gente, praticar montanhismo, campismo, explorar trilhas, viver a exuberância de uma floresta, de um rio, pescar, plantar mais árvores para evitar o Deserto Serrano, ser mesmo uma pessoa que respeita e ama a mais simples e indefesa forma de vida, que é um dom de Deus! Quem realmente hoje luta por estes. nobres ideais? Quem defende a natureza como a prioridade máxima para a vida nascer?

Por isso é que, por detrás desta congelante indiferença em relação às coisas transcendentais e éticas, correm rios de desamor, desespero e medos, cujas consequências são a violência, o terrorismo, sequestros, guerras, corrupção e fome em mais de dois terços da humanidade. Como a situação da Terra é profundamente delicada, quase caótica, é vital lembrar que a Terra é um ser vivo como nós, que precisa respirar e viver sem poluição, incêndios, desmatamentos e explosões nucleares que estão envenenando e destruindo o universo.

Nós sabemos fazer bombas atómicas, mas quem sabe fazer uma árvore, um pássaro, um rio, uma flor?

Só com amor no coração o homem ilumina a vida!


Vidocq Casas

SÍRIA !

(...),

PAZ E AMOR - CHEGA DE GUERRA!



Homens, mulheres e crianças como vocês se salvarão?
Não sei, mas, tenho ESPERANÇAS, Que SIM!
É um direito sagrado de todo ser humano viver em paz, feliz e com amor a sua preciosa vida!!!

Chega de Guerras!
Chega de Bombas!
Chega de tiros, de terror e de mutilados!

CHEGA DE HOMENS BOMBAS,  MULHERES BOMBAS,
CRIANÇAS BOMBAS
de morte e destruição...

PAZ E AMOR fantasmas de Hiroshima, do Vietnam, Iraque, Palestina, Israel, Afeganistão, Turquia, Egito, Líbia, África e as vítimas das Torres Gêmeas do USA, descansem em paz, vocês ganharam a vida eterna...
Ó Cara, de que lado você está, é ou torce?

América ou Islã ???
GUERRA OU PAZ ???

Esta fumaça negra e sufocante, estes escombros com prédios e casas em chamas, estas explosões fumegantes, pessoas dilaceradas, corpos de crianças mortas e bichos,
ME HORRORIZAM...

NADA ESTÁ EM PÉ.
QUE PAISAGEM INFERNAL, TRISTE, SOLITÁRIA E HORRÍVEL!!!

Que mundo hipócrita e egoísta com tanta gente que ainda vive e gosta de matar por dinheiro e fanatismo...
Vamos abrigar os refugiados, quebrar todos os muros do egoísmo e do desamor, e abrir as portas do mundo para os abandonados...

Óh! meu Deus, PERDOAI-NOS, que mundo é este tão cheio de homens com ódio, AMORAIS E MONSTROS...
MISERICÓRDIA !!!

Óh! Senhor meu Deus, nos ajude, SOMOS TODOS IRMÃOS.
Mas, não abro mão da poesia e da ternura, para a vida ser azul, humana, com PAZ e AMOR !

By Vidocq Casas 


TRIBUTO AO POETA

Rificat é um poeta brasileiro, sensível e apaixonado pela vida. Nasceu em 26 de julho de 1952 numa quarta-feira, bairro Vale do Paraíso na cidade de Teresópolis Região Serrana do Rio de Janeiro. Batizado José de Jesus Santos é filho da doméstica Amélia Jesus dos Santos e do garçom José Cipriano dos Santos. Afeito a literatura tem nos livros sua fonte permanente de aprendizado onde busca conhecimentos de maneira sistemática e determinada, folheando com zelo páginas geográficas, históricas, científicas e filosóficas que emolduram o mundo. É um leitor assíduo, dedicado e analítico, obstinado por pesquisas bíblicas.
 José de Jesus Santos,mais conhecido como  Rificat  " O Poeta ".
Casado com Dila, botafoguense, amante da música clássica e do canto gregoriano, Rificat é dono de uma alma agnóstica, interrogativa, dinâmica e equilibrada. Um artista das palavras onde seus versos expressam simplicidade e simultaneamente traduzem beleza e profundidade poética. Escreveu seu primeiro poema “A Árvore” aos 12  mais conhecido anos em 1963. É autor de centenas de poesias, contos, frases. Sua obra inclui ainda peças de teatro e esquetes adultos de cunho erótico.

Com vasta capacidade e destreza para escrita, Rificat é autor de 11 livros inéditos: “Biombo de Sangue” e “A Terceira Porta” de 1983; “Poesias do Tempo”, “Segredos de Xanadu”, “Curiosidades”, “Para Pensar Pensamentos e Reflexões” de 1981. Em 1994 escreveu “A Escada do Tempo”, “Orgias de Toscano Tocum”. Em 2009 escreveu “O Segundo Cristo”. 

No ano 2000 fundou com os poetas Vidocq Casas, Milton Lima, Benigno Hermida entre outros a Oficina de Poesia & Criação, assumindo a função de tesoureiro. Com o grupo publicou em 2006 os poemas “Corpo Nu”, “Veneração”, “Ecos do Silêncio” no livro Poesia em Gotas, produzido e editado pelo SESC RJ. Em 2010 participou de outra coletânea intitulada “Se é poesia deixe sair” editada pela Zen Gráfica e Editora com produção do SESC RJ, nesta ocasião publicou os poemas “Apocalipse 2019” e “Sublime Querer”.

O poeta participou ainda da antologia literária (Editora Litéris) em 2004 com o poema “Eu quero ter você”. Em 2003 participou de outra publicação da Editora Litéris com o poema “Pedaços de mim”. Em 2016 foi a vez do livro Canto dos Poetas produzido pela editora Unifeso receber em suas páginas o poema “Procura” onde Rificat mais uma vez colocou toda sua arte e emoção. É ainda de sua autoria as peças “O Estranho Náufrago”, “O Poder da Fé”, e a produção infantil “Fábula Social”.


Bravo Rificat, filho de Teresópolis! O seu talento nos engrandece. Aplausos.

By Waldir José

domingo, 14 de maio de 2017

Pelo DIA DAS MÃES! Homenagem á minha mãe

(...), 
A minha mãe foi o
Meu pai
E meu pai era minha mãe .

Eu nasci de sete meses e
Meio porque minha mãe gostava de cavalgar nas Montanhas 
Livre e solta como a ventania !


Ela era maluquinha pela Natureza e gostava de Namorar nua na lua cheia.....Sobrevivi a todos os temporais e armadilhas das areias movediças do destino e tô aqui , 
porque fui cuidado com ternura , respeito e muito amor...


Sou caboclo , a minha bisavó era índia Urubukaoor, sou ameríndio LATINO AMERICANO e
como minha mãe não teve leite para me alimentar,
Minha mãe de leite foi a nega Dodô 
Que me Salvou a vida e ajudou minha mãe a me criar.


Por amor e gratidão sou
Negro também e com honra
E valente como os tantans
de África na savana selvagem do mundo !


Fiz um poema de luz do coração para ela
E quando ela morreu virou uma estrela azul no céu.!!!
Eu sempre vejo esta estrela brilhando e sorrindo
Na eternidade em noite de lua cheia .


Foi mamãe quem me ensinou a nadar , não ter medo, subir em árvore e a assoviar para chamar passarinho para brincar....
Me ensinou a me esconder em nuvens e a inventar palavras novas e ser POESIA.


ELA me ensinou também a
ser carinhoso com as moças e a tratar bem todas as pessoas sejam quem forem
Pobre ou rico , branco ou 
Preto , todos como irmãos !


MEU PAI me ensinou
A nunca mentir e a dizer sempre a verdade doa a quem doer ,nunca ser interesseiro, a não roubar e nem querer o que é dos outros ,nem ser PAU MANDADO, covarde e traídor .


E a lutar por Liberdade custe o que custar e nunca ser 
Submisso e escravo de ninguém...A respeitar velho, criança e tratar toda mulher 


Com doçura.e igualdade...ELES , papai e mamãe 
Me ensinaram a amar com paixão e amor ! 


Vidocq  Casas








quarta-feira, 26 de abril de 2017

Gaia Mãe Terra



Um dia tuas águas
deixarão de ser azuis
e os homens
colherão o que plantaram:
fumaça, esgotos, chorume, lixões
e águas podres...
Eras bela,
a flor única radiante
e efervescente:
a rosa perfumada carnuda
como a boca sensual de meu amor...
Onde estão as tuas florestas,
teus pássaros e os bichos de minha infância?
E o verde clorofila
que hoje se contorce
e seco como ossos
flutua no pó branco da morte,
no oxigênio que se evaporou
como o ar de nossas vidas.
As pessoas todas estão de máscaras,
com medo de doenças...
Só o poema
interroga o mundo
acende a fogueira
do amor
e evanescente
a vida brota
na semente da Esperança!
Eu quero mesmo
é que dos meus sonhos
a Terra seja
um  jardim floral, primaveril...


                                                                     Vidocq Casas

A LUTA PELA VIDA !

(...),
PROGRESSO OU SUICÍDIO ?

A CONTEMPLAÇÃO AMOROSA DA NATUREZA é uma emoção profundamente Espiritual por refletir a nossa mais legítima integração com a VIDA e os nossos sagrados sentimentos de Liberdade e Amor a tudo que nos ultrapassa como um rio, uma fonte, um olho d'água, o mar, um pássaro, uma flor, a chuva, as estrelas, o Sol e a lua! OLHANDO PARA O VERDE inebriante da floresta teresopolitana, EU PERGUNTO: ESTA FLORESTA precisa morrer? Que direito temos e vender, destruir ou poluir o nosso AR, a nossa ÁGUA, ou de matarmos a beleza do horizonte, as montanhas, os passarinhos, os vagalumes e a neblina?

NÃO É PRECISO SER ECOLOGISTA para sentir que o ELO entre o homem e a Natureza está rompido, sobremaneira, nos grandes aglomerados urbanos. estas cidades desumanas e emparedadas de cimento e aço, como estacas fincadas sufocando as nossas vidas e adoecendo a nossa alma. Cidades do luxo e lixo que só têm nos transformados em neuróticos e desequilibrados. Como podemos ser felizes vivendo em gaiolas num l26 andar?

VIVO O SONHO do futuro dentro de um rio azul de mil desejos ,e um deles é a minha fé inabalável na Luta revolucionária em defesa da Natureza, que é a militância ecológica, o ativismo social e cultural pela Resistência Civil Pacífica da não-violência pela paz mundial e a Cidadania plena, por um mundo mais humano universal e justo para todos. 

O MUNDO DO HUMANO NOVO, que possa levar ás gerações futuras e presentes, o DIREITO inquestionável de poderem sentir e viverem o ENCANTAMENTO selvagem da campina verdejante e perfumada de vida na Primavera ou a fogueira do alumbramento mágico do verão mergulhado no canto alegre dos pássaros... A doçura da poesia na voz alegre e da brisa, a música dos córregos montanheses, o barulhinho nervoso dos pés de um bichinho fugindo de nossa presença no coração selvagem da mata com seus silêncios e segredos mágicos e eternos... 

ESTA ETERNIDADE vive em NÓS que somos homens sensíveis, que na escalada veloz e inexorável do tempo, temos de acender no coração das pessoas para o amor, pela Natureza e a vida jamais se apagar... ESTA é a hora de agirmos com esperança e sem medos, contra os "poderosos" que querem continuar regendo os nossos destinos, ditadores do consumismo desenfreado que está implodindo os recursos naturais, que são finitos, e estão chegando ao fim, por excesso de produção, gerando os supérfluos. 

Esta é a hora dos desafios, pois durante séculos estamos destruindo a Natureza, que á custa do progresso, só temos violentado todas as formas de vida que compartilham com o homem este planeta, provocando a morte da biodiversidade. A modificação do ambiente físico pela disseminação da agricultura, devastou também florestas e vem matando ecossistemas e habitats inteiros e espécies animais da fauna e da flora...

Somos hoje, infelizmente a civilização do plástico, um mundo de insumos e lixo... Esta depredação descabida provocou o empobrecimento biológico da Terra, da Biosfera, além de colocar em perigo a sobrevivência da Humanidade e do planeta!

Conscientizar é a minha eterna esperança!


Se não resistirmos, morreremos!

By Vidocq Casas

PEGANDO FOGO

O sistema político brasileiro passa por uma cirurgia de grandes proporções.  Todo o seu corpo está anestesiado e os “médicos” perplexos pela extensão e gravidade da doença. O resultado de uma política faminta por dinheiro e vantagens a qualquer custo fez adoecer o sonho de um país menos desumano e com mais equilíbrio social, com isso adoecemos coletivamente e agora precisamos agir e vibrar positivo em todos os sentidos para que possamos renascer das cinzas.

                A regeneração desse descompasso é responsabilidade de todos nós porque de uma certa forma contribuímos para tudo isso. Se o Brasil está pegando fogo temos o dever de apagar as chamas, temos a obrigação de erguer a cabeça com intuito de mudar o complexo momento, criando perspectivas saudáveis para o hoje e o amanhã, sanando os problemas do ontem, aprendendo com os erros do passado, frutos amargos da nossa imaturidade. Devemos buscar e mentalizar dias melhores, com fé, otimismo, trabalho e menos critica. Não podemos acobertar os atos ilícitos praticados, é bem verdade, contudo temos a necessidade de avaliar nossos comportamentos olhando sinceramente para nossas ações se não quisermos cair em permanente frustação. Não podemos ser do mal ostentando aparentemente o bem pois isso constitui uma poderosa armadilha que nos aprisionará num futuro não muito distante o qual pode nos trazer um ar trágico e infeliz.

                O descalabro que estamos vivendo traduz a mesquinhez da nossa espécie. Reflete o caótico estado de falência moral a que estamos submetidos. As negociatas que utilizam a corrupção revelam a princípio os pensamentos desconexos que permeiam os governantes e daqueles que com eles mantém uma relação mais amistosa, os quais deveriam zelar pela ordem social, honrando a República e seus cidadãos. Por isso devemos redobrar nossa atenção se não quisermos ser cúmplices de toda essa barbárie, pois ninguém faz nada sozinho, somos humanamente gregários.

                Democraticamente contemplamos agora o desdobramento de uma velha República, composta por hábitos escusos, vestida por um pseudo manto democrático. Citar nomes é algo muito vulgar, irrelevante. No momento apontar os outros equivale a condenar a nós mesmos. Somos em última análise os patrocinadores dessa imensa sabotagem. Somos incompetentes para julgar uma vez que traímos constantemente nossas posições. Assim como aos que acusamos costumamos agir de acordo com nossas conveniências. Pensamos antes em nós e depois nos outros. Para nós colecionamos tudo de bom e aos demais costumamos oferecer os resíduos, as migalhas para uma existência sem sentido. Na pretensão tola de sermos superiores, condenamos ou outros a inferioridade. Então o que podemos falar dos nossos semelhantes? Creio que nada. Podemos apenas nos orientar para que possamos ser exemplo e não meros expectadores das virtudes. A sabedoria implica humildade, silêncio e ações de amor.


                Que a justiça seja feita. Que o bem nos conduza. Que o Brasil cresça e se desenvolva, ganhando saúde política e promovendo o bem estar ao seu povo.

By Waldir José